Seja bem vindo
Guamá,15/08/2022

  • A +
  • A -
Publicidade

Cirurgia de Ronald é concluída e médico do Remo explica próxima etapa da recuperação


Cirurgia de Ronald é concluída e médico do Remo explica próxima etapa da recuperação


O atacante Ronald, de 19 anos, foi submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo para tratar da lesão no ligamento cruzado anterior. O procedimento foi realizado na última quinta-feira e os detalhes divulgado neste domingo, 19, pela assessoria de imprensa do Remo.

O procedimento foi realizado pelo chefe do departamento médico do Remo, doutor Jean Klay, em um hospital particular de Belém. De acordo com o médico, foram precisos cerca de duas semanas entre a descoberta da lesão até a cirurgia por conta da complexidade do processo.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo o que acontece no Pará, no Brasil e no mundo siga @ograndenews no Instagram.

Faça parte dos nossos grupos de noticiais no Whatsapp! Clique aqui!

“O atleta Ronald sofreu uma entorse na partida diante do Floresta, ocasionando um dor intensa e derrame articular, chamada de ‘Hemartrose’. Em função disso foi feito primeiro um tratamento para aliviar os sintomas, sendo realizado punção articular para retirar esse excesso de sangue que tinha no joelho, medicações e fisioterapia. Dentro do NASP foi feita a primeira fase de reabilitação, voltada para diminuir a resposta inflamatória, visto que, a realização da cirurgia nessa fase, implicaria em um risco aumentado dele evoluir com uma complicação extremamente indesejável chamada de ‘artrofibrose’. Com isso seguimos com a conduta de ‘esfriar’ o processo inflamatório. Sendo assim a cirurgia só poderia ser programada após alcançarmos as metas desta primeira fase, com recuperação do movimento, redução do edema e controle efetivo da dor. Felizmente as metas foram alcançadas em duas semanas, fato que possibilitou que a cirurgia pudesse ser realizada na última quinta-feira”, disse.

Jean Klay explicou que o procedimento cirúrgico focou na reconstrução de dois ligamentos cruzados anterior e anterolateral. Além disso, o chefe do departamento médico do clube detalhou o próximo passo do processo de recuperação do atacante e estimou em oito meses o período para que Ronald volte a trabalhar com o restante do elenco azulino.

“A cirurgia é considerada como a segunda etapa do tratamento. Sobre a cirurgia realizamos a reconstrução de 2 ligamentos, cruzado anterior e anterolateral. Ficamos satisfeitos com a cirurgia. Agora vamos para a terceira fase que é a reabilitação pós-operatória. Essa fase é dividida em várias etapas, nessa primeira é a recuperação do movimento, controle da dor, ativação muscular e a partir daí a gente vai avançando nas demais fases. O tempo estimado de retorno ao esporte é de 8 (oito) meses a partir da cirurgia”, finalizou.



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login