Prova de vida para assegurados do INSS se torna obrigatória

O pagamento dos aposentados e pensionista que não fizerem a prova começa a ser suspenso a partir de fevereiro

Por Alexandre Meireles 13/01/2022 - 22:01 hs

3 milhões de pessoas, entre aposentados e pensionistas do Instituo Nacional de Segurança Social (INSS), que não fizeram a prova de vida no ano passado e querem evitar transtornos em ter os seus benefícios suspensos e cancelados, devem fazer uma prova de vida ainda este ano, entre os meses de janeiro e abril.

O pagamento dos aposentados e pensionista que não fizerem a prova começa a ser suspensos a partir de fevereiro.

Segundo o INSS, a medida é uma forma dos assegurados provarem que estão vivos e continuarem garantindo os seus pagamentos.

A exigência havia sido suspensa entre março de 2020 e maio de 2021, mas voltou devido ao segundo pico de casos do coronavírus. 

Como fazer a prova

Para fazer a prova de vida o assegurado deve se dirigir até o banco responsável pelo pagamento do benefício. O processo pode ser feito nos caixas electrônicos através da biometria ou no atendimento pessoal nas agências bancarias, acompanhado do cartão de débito e um documento com foto.

Acessibilidade

Pessoas com dificuldade em locomoção e idosos acima de 80 anos podem solicitar uma visita em domicílio, agendando através do número 135 ou do aplicativo meu INSS.

Prova Online

Quem tem a biometria facial cadastrada no Denatran (Departamento de transito ou no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pode fazer a prova de vida de forma online, através do aplicativo meu INSS, caso não tenha, o assegurado deve instalar o aplicativo no Meu Gov.BR no celular e apertar em 'Prova de vida' na página inicial.

Perdi o prazo

Caso você não faça a prova de vida, o benefício será bloqueado em 1º de julho. Isso não significa, porém, que ele foi cancelado. Ainda há um "prazo" adicional de três meses para regularização. Se o beneficiário não fizer a atualização dentro desses três meses, o benefício será suspenso. Se em outros três meses nada for feito, vem o cancelamento.

Como reativar o Benefício suspenso ou bloqueado

Segurados com os benefícios bloqueados e suspensos podem reativá-los diretamente no banco. No caso de cancelamento, o segurado terá que ligar para a central 135 e agendar o serviço de reativação de benefício. Esse procedimento também pode ser feito em meu INSS.