Prefeitura de Belém cancela Réveillon e Carnaval 2022

O anúncio foi feito no final da manhã de hoje (30) pelo gestor municipal.

Por Alexandre Meireles 30/11/2021 - 16:21 hs

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, se reuniu na manhã desta terça-feira (30) com a equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde (SESMA) para tratar sobre a atual situação epidemiológica da cidade. 

Conforme adiantando pelo DOL, através de uma fonte interna da prefeitura de Belém, Edmilson Rodrigues anunciou o cancelamento do Carnaval 2022. A decisão abrange os desfiles das escolas, blocos de ruas e demais manifestações culturais de rua. 

Além do Carnaval, a Prefeitura de Belém cancelou as festas de Réveillon.

Na última quinta-feira (25), após reunião com representantes das escolas de samba, o prefeito chegou a confirmar a realização dos desfiles. No entanto, o gestor municipal também alertou aos representantes das agremiações e blocos carnavalescos sobre possibilidade de voltar atrás na decisão, caso fosse necessária.

Outras regiões do Pará já haviam anunciado o cancelamento das festas de Réveillon e carnavalescas por conta da pandemia, como Bragança, Santarém, Itaituba, Belterra e Vigia de Nazaré.

Belém alcançou altos índices de vacinação, com 75,6% da população total da cidade vacinada com a primeira dose, e 88,6% da população vacinada (com 12 anos ou mais) com as duas doses da vacina. Segundo dados do Vacinômetro,174.374 também já tomaram a dose de reforço.

Belém alcançou altos índices de vacinação, com 75,6% da população total da cidade vacinada com a primeira dose, e 88,6% da população vacinada (com 12 anos ou mais), com as duas doses da vacina. Segundo dados do Vacinômetro, 174.374 também já tomaram a dose de reforço.

Nova variante

A Ômicron foi originalmente descoberta na África do Sul. A variante gerou preocupação no mundo todo, pois tem 50 mutações, sendo mais de 30 na proteína "spike", que é a "chave" utilizada pelo vírus para entrar nas células. Vale ressaltar que nenhum caso desta nova variante foi registrado no Pará.