Sespa investiga dez casos de urina preta no Pará

O monitoramento está sendo feito pela Secretaria de Saúde do Estado

Por Alexandre Meireles 22/09/2021 - 05:57 hs

A Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) informou, na noite desta terça-feira (21), que foi notificada por meio do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) e está investigando, no momento, dez casos suspeitos da síndrome de Haff, a doença da urina preta.

Os casos monitorados são: três em Belém, cinco em Santarém, um em Trairão e um em Almeirim.

Até a semana passada eram oito casos monitorados.

Os exames sanguíneos e de urina dos casos suspeitos foram encaminhados, por meio do Laboratório Central do Estado do Pará (Lacen), para laboratório de referência e não há ainda previsão de resultado.