Jovem atea fogo e mata bebê por vergonha da mãe

Por Alexandre Meireles 13/05/2021 - 18:41 hs

Ter um filho é o sonho de boa parte das mulheres. Mas nem todos os casos de gravidez são vistos com bons olhos. Em algumas situações, a gravidez acaba se tornando um "peso" e pode levar a decisões extremas. O medo da reação dos familiares é um dos principais motivos para o abandono de crianças.

Um exemplo disso é o de uma jovem de 24 anos suspeita de atear fogo e matar o recém-nascido. Ela confessou os crimes durante depoimento à polícia. O crime ocorreu em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia (GO).

A jovem afirmou que estava com muita vergonha de ter a gravidez descoberta, o que a teria motivado a matar a criança. Ela não queria que a família soubesse da gestação.

O corpo do bebê foi descoberto após um pedestre ver um cachorro arrastando o cadáver por uma rua, na última quarta-feira (12). Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que a jovem desce de um carro com o bebê em uma caixa de papelão e, em seguida, entra em um terreno baldio. Logo depois, ela aparece com um galão com álcool para atear fogo no corpo.

Assista: