Mulher luta contra ex-companheiro e escapa de ser morta a facadas

Por Alexandre Meireles 02/05/2021 - 19:19 hs

Uma mulher foi atacada pelo ex-companheiro e, após entrar em luta corporal contra ele, conseguiu escapar de ser morta a facadas na manhã do sábado (1º), em Garça (SP). O suspeito foi localizado e preso por tentativa de feminicídio.

O momento foi filmado por uma câmera de segurança. A Polícia Militar explicou que a vítima, de 29 anos, chegava para trabalhar por volta das 6h em uma panificadora quando foi abordada pelo homem. O homem a atacou com uma faca e chegou a atingir a mulher no pescoço.

Mas a mulher entrou em luta corporal com o agressor e conseguiu se desvencilhar e escapou de ser assassinada.

Pelas imagens captadas pela câmera de segurança é possível ver o momento em que a mulher desce da moto e um homem de boné se aproxima. Ele tenta atingi-la com uma faca. A mulher cai no chão e ele se ajoelha para esfaqueá-la. A vítima se defende com as mãos e, depois de alguns segundos, o agressor sai correndo.

Ainda de acordo com a PM, a mulher foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com ferimentos leves e, ainda no local, relatou aos policiais que tinha sido atacada por um homem desconhecido em um roubo.

Após analisar as imagens das câmeras de segurança, os policiais suspeitaram que não se tratava de um roubo porque o homem já chegou atacando a vítima com a faca.

A mãe da vítima disse à polícia que o suspeito parecia o ex da filha, que já a tinha a agredido anteriormente. A mulher agredida tem uma medida protetiva contra o homem.

Depois de realizar buscas na região, a polícia encontrou o suspeito. Ele foi encontrado na cidade de Itápolis, distante cerca de 100 km do município onde aconteceu o crime. Ele confessou aos policiais que foi até a outra cidade para agredir a ex-mulher. Ele foi preso em flagrante por tentativa de feminicídio.

Fonte: O Liberal














Rádio Guamá