Jovem está com bebê morto na barriga há quatro dias na Santa Casa e família pede socorro: 'Não querem operar minha filha'

Por Alexandre Meireles 14/04/2021 - 10:09 hs

Uma jovem está a pelo menos cinco dias com um bebê morto na barriga esperando por uma intervenção cirúrgica no hospital Santa Casa de Misericórdia em Belém, capital paraense. Daiana da Silva Menezes, de 19 anos, estava grávida de sete meses quando seu filho parou de mexer na sexta-feira, 9.

A mãe, Maria de Nazaré, está acompanhando a situação de perto no hospital e contou que na manhã de domingo, 11, ela e a filha buscaram atendimento médico, tendo sido atendidas apenas na noite de segunda, 12. Desde então, Daiana tem recebido remédios para induzir um aborto espontâneo. Sem sucesso.

"Minha filha está sentindo muitas dores, mas ainda não colocou o bebê para fora, os remédios não estão adiantando, ela precisa ser operada para acabar com esse sofrimento", relatou Maria.

Ainda segundo a mãe, a equipe médica não explica o motivo de ainda não ter operado a jovem, apenas pede que esperem pelo efeito do medicamento. "Estou com medo da minha filha morrer. Vai fazer seis dias que o bebê morto está na barriga dela. Poxa, não querem operar a minha filha!" desabafou.

Fonte: Roma News