Absurdo: Polícia Civil de São Miguel do Guamá resgata mulher que estava em cárcere privado a quase 15 anos – Dois tios se revezavam nos abusos!

Por Alexandre Meireles 04/03/2021 - 16:31 hs

Na tarde ontem, 03, a Polícia Civil (PC) de São Miguel do Guamá - PA recebeu uma denúncia anônima de que uma mulher estava em cárcere privado e sendo abusada por dois homens.

Segundo informações que constam nos autos do processo, era por volta de 16:30h quando a PC chegou à Comunidade São Pedro do Crauteua, zona rural do Município de São Miguel do Guamá. De acordo com os autos, a mulher que, aqui vamos chamar de “Joana”, era abusada por dois homens, tios da vítima e, desse vínculo opressor a mulher tem um filho de 13 anos de idade que mora em outra cidade e no ano passado teve mais um filho, que nasceu morto e foi enterrado ali mesmo no terreno onde residem.


Ainda segundo os relatos, “Joana” era obrigada a manter relações sexuais com os acusados, que se revezavam nos abusos. A vítima foi localizada pela PC em um compartimento onde era mantida.

Os acusados são: Carlos Alberto Travasso de Oliveira e Francisco Travassos de Oliveira, vulgo Jiboia. No momento em que foram localizados a autoridade policial questionou se havia armas no local, ambos responderam que não, porém ao efetuarem as buscas na residência foi encontrada uma arma de fogo, tipo espingarda calibre 28, sem marcas ou numeração aparentes.


Segundo os relatos, as acusações de violência sexual foram confirmadas por “Joana”.

Diante dos fatos foi dado a voz de prisão à dupla e, juntos com o material apreendido, apresentados à Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) do Município para os procedimentos cabíveis.













Rádio Guamá